Z.Mídia – Agência Web em Campinas | Web Design em Campinas, Criação, manutenção e desenvolvimento de Websites, Blogs, Hotsites e Portais em Campinas/SP

Author: jorge

Sharp anuncia o primeiro display 4K para smartphones do mundo

A Sharp anunciou, nesta segunda-feira (13), o primeiro display de 5,5 polegadas do mundo com resolução 4K. O painel, que tem resolução de 2160 x 3840 pixels, deve chegar em 2016. Sua densidade de pixels por polegada é muito superior a tudo que, atualmente, está no mercado, com 806 ppi.

Ainda não há informações sobre um gadget para utilizar este display, mas a Samsung havia indicado que o seu próximo foblet, o Galaxy Note 5, pode ter um display com as características bem parecidas. Porém, nenhum dispositivo móvel até hoje tem tela de resolução 4K.

Agora, a tendência é de que este desenvolvimento se acelere. Depois de muitos anos apenas com telas Full HD, as primeiras 2K chegaram no ano passado e neste. E nos próximos meses, devem ser desenvolvidos cada vez mais painéis com 4K e até com uma resolução superior, a 8K.

Como montar um pc para edição de imagem 4k? Veja no Fórum do TechTudo

A LG, por exemplo, já estaria fabricando uma tela 8K de 27 polegadas para a Apple. Diminuí-la para cerca de 5 a 6 polegadas, para um smartphone ou foblet, deve ser o próximo passo do processo. Portanto, nos próximos meses muitas novidades sobre displays de smarts com excelente qualidade de imagem deve começar a surgir.

Fonte: Techtudo

A Internet é Casa da Mãe Joana?

Sou uma leitora ávida de blogs e sites. Também troco centenas de emails por dia com outros colegas, clientes e amigos. Além disso estou no Twitter e no Facebook. Ou seja: na maior parte do meu dia leio ou escrevo na Internet.

E sabe o que mais me deixa triste? Perceber que muitos seguem a tendência-Xuxa e acham que a Internet é um meio à parte da realidade e por isso não seguem as mesmas regras de bom senso e educação.

Moça com Macbook

Vejo que muitos colegas enviam emails como se fossem SMS, esquecendo que emails nada mais são do que cartas digitais. E assim como em cartas é de bom tom começar com uma saudação, ter um texto bem organizado e finalizar com uma assinatura. Em emails pode parecer óbvio colocar no campo “Assunto” o assunto a ser tratado, mas ainda recebo emails com “Urgente”, “Me ajude por favor”, “Leia esta mensagem” ou “Olá!”

Vejo que muitos colegas postam nos seus blogs como se regras de gramática e ortografia não existissem. Esquecem que existem pontos, vírgulas e acentuação. E não percebem que quem está lendo os vê de forma negativa por causa disso.

Vejo que muitos colegas entram nos blogs (inclusive neste aqui) e fazem comentários EM CAIXA ALTA. Acham que isso é “um jeitinho” quando na realidade dificulta a leitura e faz parecer que estão gritando.

E ao ver tudo isso fico decepcionada. Pois assim como gosto de gente educada na vida real gosto de gente educada na Internet (que, pasme, também é vida real!)

E o pior é que sei que escrever este post aqui não vai afetar aqueles que precisam da mensagem, pois quem acha que a Internet é Casa da Mãe Joana não procura aprender – acha que na Internet vale tudo.

Se não for o seu caso (ou se você concorda e quer enviar esse post para alguém), algumas dicas rápidas:

Chegou na Internet hoje? Então leia:

Não escreva somente em Caixa Alta (maiúsculas) – isso equivale a Gritar e dificulta a leitura.

No assunto dos seus Emails coloque o Assunto do Email de forma clara.

Monte seus Emails como cartas: primeiro vem a saudação, depois vem a mensagem estruturada de forma clara e paragrafada, depois vem uma despedida e, por fim, sua assinatura.

Sua assinatura de Email deve conter dados que facilitem a vida de quem está falando com você. No seu email profissional lembre-se de adicionar o link do seu site e seu telefone.

Revise seus emails, posts e textos a serem enviados/publicados. Um ou outro erro ortográfico não mata ninguém, mas normalmente dá para simplificar uma mensagem. Isso vale também para textos informais.

Se não quer ser mal interpretado escreva com pontuação e pausas. A revisão ajuda nesta parte também.

Não use todos os efeitos que os formatadores de emails e blogs permitem: fazer um texto com 10 cores, fontes e tamanhos diferentes não é interessante e sim infantil. Se você tem mais de 10 anos use somente um padrão para parágrafo, utilizando de forma limitada cores, negritos e sublinhados para destaques necessários no texto.

Respeite o próximo: não copie da Internet fotos e imagens sem dar os créditos, se pediu ajuda agradeça pela resposta e seja educado com todos.

Nas Redes Sociais use a regra da avó: você falaria aquilo na frente da sua avó? Se não, provavelmente não é necessário compartilhar. Lembre-se que uma vez publicado é difícil excluir uma informação online.

Por fim: a Internet faz parte da vida real. Aja nela como você agiria fora dela.

Fonte: http://www.dicasdefotografia.com.br

Como o brasileiro busca na web?

Google e a iProspect Brasil realizaram uma pesquisa sobre o comportamento de busca dos internautas e qual a influência das ações de marketing offline nesta atividade. O levantamento foi encomendado pela Forrester Research e consiste na reedição de um estudo realizado pela empresa nos Estados Unidos. Foram entrevistadas duas mil pessoas, entre 14 e 45 anos, nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Recife, Porto Alegre, Belo Horizonte, Salvador, Curitiba, Brasília, Ribeirão Preto, Presidente Prudente, São José dos Campos e São José do Rio Preto.

Segundo a pesquisa, 93% dos brasileiros se conectam pelo menos uma vez por dia e 85% utilizam o serviço de busca diariamente. Já 79% realizam buscas após serem impactados por ações publicitárias em mídias offline, sendo que o “Boca a boca/Indicação” responde por 53% dos estímulos, seguido por “Anúncio na TV” (51%), “Anúncio de Revista/Jornais” (35%) e “Lojas Físicas” (27%). A resposta a comentários e anúncios é feita no mesmo dia em 49% casos.

Para 47% dos entrevistados a procura é realizada pelo nome do produto ou serviço; 30% vão atrás do nome de empresa/prestadora; 7% buscam slogan ou anúncio, 6% elementos referenciais na propaganda, e 9% outros termos.

Para Patrícia Maschio, diretora geral da iProspect Brasil, é importante conhecer o perfil dos internautas brasileiros para elaborar estratégias de marketing mais assertivas, mesclando as mídias online e offline. Já Pedro Frigo, head de pesquisas do Google para América Latina, acredita que a integração dos canais offline e online contribui para um resultado melhor em campanhas publicitárias.

Fonte: Ikeda Blog